‘Filosofia chinesa- Outono’

            Nem mais e nem menos. O excesso entope, e a deficiência esvazia. Energia vital é o que equilibra. Para chineses, japoneses e hindus, é algo que caracteriza a vida. Viver é ter Chi. É ter equilíbrio interno, em todas as partes do corpo.

            Optei por estes pensamentos, pois seguem a ordem natural dos acontecimentos. Comecemos!

            “Para a Filosofia Chinesa, tudo que acontece na Natureza acontece também conosco, assim como acontece com a terra, com as plantas ou com os animais. Isto se dá porque todos esses elementos juntos – terra, plantas, animais e nós humanos – são o que compõe a natureza, no sentido de ser a natureza”.

                No último dia 20 de março, as 14h32, começou oficialmente o Outono no hemisfério Sul. Os dias e noites são do mesmo ‘tamanho’ (12h cada), o sol sai exatamente no ponto leste, e se põe no exato local no oeste, é a entrada do primeiro signo do zodíaco (Áries) e o início do Ano Novo astrológico.

                Ao contrário da primavera e do verão, em que eliminamos naturalmente os excessos do nosso corpo através do suor, das gripes e resfriados, porque a energia tende a ir para fora, no outono e no inverno acredita-se que são períodos em que recolhemos e armazenamos a energia                , porque a energia tende a ir para dentro.

                E como fica o nosso corpo e a nossa alimentação nessa nova etapa? Os chineses acreditam que agora é a hora de tonificar os órgãos, ou seja, fortalecer, revigorar e reforçar através de alimentos fortes, cozidos e que ajudem a manter o ‘fogo’ interior. É muito interessante lembrar que as dietas desintoxicantes, neste caso, podem ajudar a enfraquecer o organismo, visto que essas ajudam na eliminação e são, em sua maioria, compostas de muitas frutas e vegetais crus que podem nesse período esfriar o corpo. Lembrando que esses alimentos são necessários durante todas as estações do ano- cada um na sua época-, porém, o que muda são as técnicas de preparo (crus, cozidos, aquecidos).

                No outono é preciso acumular, novamente, para enfrentar o inverno. Não no sentido de exageros e quantidades, mas sim nas boas escolhas para fortificar o corpo e armazenar energias. Pode-se começar a refeição com um pouco de sabor ácido, seguindo com alimentos mais cozidos, ou os de natureza morna. Um bom exemplo são as frutas secas como o damasco, frutas cozidas. Começando a sentir frio, aqueça-se! Faça cremes, sopas, caldos, usando condimentos fortes, levemente picantes, e evite alimentos crus. É uma estação ‘seca’, que exige alimentos como tal, porém a ingestão de água deve ser constante. Acredita-se que, se não houver umidade, alguns órgãos nesse período podem sofrer.

                Mais uma vez, observe o seu corpo. A natureza nos oferece diferentes alimentos de acordo com as estações, e esses são exatamente o que precisamos para passar por cada uma delas. Seguindo essa linha de pensamentos extremamente respeitosa e natural, nada mais justo do que deixar aqui uma lista de hortaliças e frutas, correspondentes aos meses do Outono, do Calendário Agrícola:

Frutas

MARÇO: abacate, caqui, figo, goiaba, limão, maçã, maracujá                                   

ABRIL:   abacate, banana maçã, banana prata, banana nanica, caqui, goiaba, jaca, laranja, limão maçã, mamão, maracujá, melancia, pêra, pinha

MAIO:  abacate, banana maçã, banana prata, banana nanica, caqui, goiaba, jaca, laranja, limão maçã, mamão, maracujá, melancia, pêra, pinha

Hortaliças

 MARÇO: berinjela, chuchu, jiló, milho verde, pepino, pimentão quiabo

ABRIL:   abóbora seca, abobrinha, aipim, agrião, batata doce, berinjela, brócolis, chuchu, jiló, mandioca, milho verde, mostarda, palmito, pepino, pimentão quiabo, repolho, vagem               

MAIO:  abóbora seca, abobrinha, aipim, agrião, batata doce, berinjela, brócolis, chuchu, inhame, jiló, mandioca, milho verde, mostarda, palmito, pepino, pimentão, quiabo, repolho, vagem

                ‘Viver é ter Chi’… Vivaz! Feliz Ano Novo!

Fontes:

Sonia Hirsch. Manual do Herói- Ou a filosofia chinesa na cozinha.

Instituto de Formação Transpessoal- Humanitatis. Site: http://www.humanitatis.com/

Anúncios
Publicado em: Blog

Um comentário sobre “‘Filosofia chinesa- Outono’

  1. Thiago disse:

    Parabéns!!!!!
    Cada dia sinto mais orgulho em ter voce, uma mulher tão talentosa e responsavel com jeito de menina ao meu lado, amei seu blog, bjos!!!!!!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s